Menu

Poemas de ...





A net!
16Out2007 01:20:00
Publicado por:
Ó vil e querida web
Que a gente vê como uma net
Que se prova mastiga e deita fora
Que tanto nos "embeb"
Parece então um bom frete
Que nos põe sempre à nora

Em ti gravata virou trapo
O vilão torna-se o bom da fita
O príncipe virou uma rã sapo
A velha corcunda bela pita
E o chato toma chá e bate-papo
E a garrafa arma-se em pipa

E para sina de um pobre luso
Faz que entra mas não penetra


Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (2210)

Perdido
01Ago2007 01:00:00
Publicado por:









 

Hoje acordei e não sabia de mim
Perdido não sabia onde estaria
Alguém me viu e disse-me assim:
Procura-te dentro da poesia.

Para isso talvez pintar um poema
Sobre-dotado de tanto e de nada
Que nem tivesse pois um tema
Nem mentira de verdade rimada

Sem palavras juntei as letras
Fiz-me pessoa dado às tretas
E uma mensagem vos enviei

Onde estou estou sem o saber
De onde vim vim para me conhecer
E vou vou estar onde me encontrei


Foto: www.raspinja.blogtok.com



Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (5146)


16 a 17 de 17 Primeiro | Anterior | Seguinte | Último |